Recuperação judicial: descubra como dar entrada no pedido

Em alguns cenários, infelizmente os planos do empresário e investidores não saem como o esperado, o que resulta na necessidade de que o pedido de falência de empresa em recuperação judicial seja feito, a fim de minimizar os danos sofridos pelo grupo que compõe a empresa.

Para saber mais sobre como dar entrada no pedido, no que ele garante e quais seus benefícios para os empreendedores envolvidos, confira nosso artigo abaixo!

A princípio: o que é recuperação judicial?

Para iniciar, é válido explicar o que é e para que serve a recuperação judicial. Criada com o intuito de evitar que empresas cheguem a falir, o processo de recuperação judicial é uma espécie de acordo, no qual a companhia em questão, com a ajuda de um advogado de direito empresarial consiga negociar suas dívidas evitando seu encerramento.

Sua fundamentação baseia-se na apresentação de um plano que comprove que a empresa pode se reerguer, garantindo que com o plano de maior produtividade, suas dívidas podem ser contidas e minimizadas.

Solicitando o pedido

Para dar entrada no pedido, um escritório de advocacia especializado deve ser consultado e um advogado recuperação judicial e falências em São Paulo, contratado.

No decorrer do processo, dados sobre a empresa, documentos fiscais e demonstrativos deverão ser apresentados, preparando assim sua fundamentação e eventual pedido ao juiz responsável.

Feito isso, o órgão responsável deverá dar continuidade no processo, no qual, caso aceito, a empresa terá um tempo maior para quitar suas dívidas, podendo variar entre 5 e 10 anos!

Pedido seguro deve ser feito com profissionais especializados!

Levando em consideração que estamos tratando de um processo que exige organização e seriedade, é imprescindível que um escritório de advocacia em São Paulo especializado seja consultado e posteriormente contratado.

 Com um time especializado, além de maior segurança, você terá toda a assessoria necessária para caminhar em seu processo de forma segura, evitando que sua empresa seja ainda mais exposta a riscos, garantindo assim sua segurança e de seus bens! Dito isso, frisamos a necessidade de que um escritório de advocacia especializado seja consultado e contratado. Essa é a melhor forma de tratar de seus bens com todo cuidado e segurança necessários!