Saiba quais são as diferenças entre mármores e granitos para fazer as melhores escolhas de decoração. Confira!

Quando pensamos em mármores e granitos, logo imaginamos incríveis projetos de decoração e design de interiores. Realmente, essas pedras conseguem elevar o nível de elegância de qualquer ambiente com muita sofisticação. Mas você sabe o que difere esses dois materiais?

As diferenças vão muito além da aparência das pedras. Da composição à resistência, o mármore e o granito possuem propriedades e características bastante diversas. Quer conhecer quais são elas e fazer a melhor escolha para o seu projeto? Então, continue a leitura!

Propriedades do mármore

A pedra de mármore é formada por dois componentes principais: a calcita e a dolomita. Essa rocha metamórfica é formada em locais onde o calcário sofre alterações a partir de altas temperaturas e forte pressão. Por isso, é bastante presente em áreas vulcânicas.

A dureza desse material na escala Mohs, principal forma de medir a dureza dos materiais, é 3. Para comparação, o diamante, material mais duro do mundo, possui dureza 10 nessa mesma escala. Por fim, diferentemente do granito, o mármore é uma pedra com visual mais delicado e suas cores claras são bastante populares, intensificando sua sutileza.

Propriedades do granito

A pedra de granito possui diversas diferenças. Começando por sua composição, o granito é formado por mica, quartzo e feldspato. Além disso, essa não é uma rocha metamórfica, e sim magmática.

Sua dureza é impressionante por conta dos níveis de dureza do quartzo e feldspato, que possuem nível 7 e 6, respectivamente. Assim, a pedra é muito resistente e não risca facilmente. Quanto às suas cores, as opções mais escuras são bastante usadas, já que ajudam a esconder manchas.

Como aplicar mármores e granitos em diferentes projetos de decoração

Agora que entendemos que as duas pedras são bastante diferentes, é possível perceber que elas são mais recomendadas para diferentes usos. Consultar uma marmoraria é a melhor opção para usar as pedras da melhor forma, mas daremos algumas dicas e sugestões.

O mármore, por exemplo, se destaca quando a intenção é ter um resultado visualmente mais agradável. Assim, utilizá-lo em escadarias, pisos e paredes pode ser uma ótima opção. Só não se esqueça de fazer a impermeabilização da pedra para fazê-la durar ainda mais.

Já o granito une a funcionalidade e a beleza. Por conta de sua resistência, ter bancadas de cozinha feitas com esse material é excelente. Sua baixa porosidade impede que manchas impossíveis de tirar se formem na pedra. 

Assim, ela possibilita o manuseio de alimentos e outras substâncias. Além disso, não é preciso se preocupar em danificar o objeto com materiais afiados e nem com altas temperaturas por conta de sua alta resistência. Agora, é só entrar em contato com uma loja de mármores e granitos de referência e garantir o melhor serviço!